Aquilo que está a fazer está em concordância com o seu tipo de personalidade?

Não temos dificuldade em realizar trabalhos que coicidam com as características da nossa personalidade. Além disso, aceitamos esses empregos com facilidade, mesmo quando são muito exigentes e requerem muito tempo e esforço. Por outro lado, trabalhos que não são compatíveis com o nosso perfil de personalidade podem parecer extremamente difíceis, mesmo quando são bastante simples.

Por exemplo, falar em público, até mesmo apenas por alguns minutos pode ser muito stressante para programadores, dado que este tipo de pessoas se sente mais confortável a trabalhar no escritório e a comunicar com um pequeno número de pessoas. Por outro lado, falar em público pode ser uma tarefa fácil para um vendendor, alguém que gosta de interagir com um alargado número de pessoas. O programador iria provavelmente dedicar muito tempo a pratica determinada apresentação, sendo que mesmo assim o não iria ser m discurdo tão eficaz como o de um vendedor. Pesquisas mostram que estar envolvido em atividades que fortalecem as nossas caracterísitcas está associado com a satisfação do traalho, bem como como a “imagem” generalista que temos de nós próprios. Além disso, ir ao encontro das necessidadades psicológicas, encoraja o desenvolvimento da creatividade, dado que assim as pessoas têm mais iniciativa a porporcionar novas ideias e propostas.

De acordo com o PCM (Processo comunicação Model®) , existem seis tipos de personalidade. Todos têm preferências diferentes quando se trata de ambiente de trabalho, necessidades psicológicas, tipos de tarefa, motivação, etc. Por exemplo, os rebeldes sentem-se mais confortáveis quando realizam trabalhos que estimulam a sua criatividade e quando estão envolvidos em ambientes de trabalho onde podem criar uma atmosfera excitante e divertida. Os promotores desfrutar de gerenciar, vender e estar envolvido em projetos desafiadores, emocionantes. Harmonizers são mais produtivos quando podem cuidar dos outros e usar suas excepcionais habilidades interpessoais. Por outro lado, os sonhadores se sente mais confortáveis quando se trabalha sozinho, por causa de sua natureza reflexiva e criativa. Pensadores são melhores em análise de dados e trabalhar com números e fatos, enquanto Persisters gosto de trabalhar em projetos de grande importância que fornecem um senso de propósito.

Além de identificar o seu tipo de personalidade, PCM fornece orientação sobre como despertar outras partes de sua própria personalidade, a fim de ser mais produtivo em tarefas que você acha menos atraente. A especificidade deste modelo é que ele não só revela a essência de nossa personalidade, mas também as maneiras podemos expandir nossos horizontes e descobrir novas personalidades dentro de nós mesmos. Assim, essa abordagem nos dá muita liberdade para associar tarefas diferentes com diferentes partes de nossa personalidade e para descobrir o novo potencial dentro de nós mesmos.